• Grátis para Rio do Sul - SC
  • Até 7 dias para devolver a compra
  • Em até 12x no cartão
0
Seu carrinho está vazio :(

Blog Casa Café & Mel

Como Tudo Começou!

Publicado em 28.02.2019 | comentários
1.240 visualizações
Imagem do autor Gilmara Krause
Gilmara Krause
Redator da Casa Café Mel

Com muito orgulho no coração e aquele friozinho na barriga, hoje trazemos para vocês nossa maior novidade: O blog da nossa loja online Casa Café & Mel!

 

Aqui queremos criar um espaço onde podemos dividir com vocês nossas experiências, vivências e compartilhar conhecimentos de vida. Estamos super empolgadas em dar esse start inicial e levar até vocês conteúdos que são pertinentes ao mundo que mais amamos: o da mesa posta!

Obviamente ao longo do tempo vamos abordar todos os tipos de assuntos, como composição de mesa, regras de etiqueta, decoração, tendências e acontecimentos do nosso cotidiano. Mas inicialmente, pensando em aproximar os laços com você que nos lê neste momento, gostaríamos de dividir a história da Casa Café&Mel. Te contar como tudo começou e como estamos caminhando até aqui. Também queremos te deixar por dentro de todas as novidades desse meio que amamos tanto. Então, puxa a cadeira, a caneca de chá e vamos nos conhecer melhor.

Vamos falar de um tempo em que as fundadoras, Elis e Ionara ainda eram crianças e nem se conheciam. Uma vivia no interior de Rio do Oeste, e outra no interior de Atalanta, ambas cidades pequenas do interior de Santa Catarina. As duas famílias apesar de não se conhecerem, tinham muito em comum, seus pais eram agricultores, pessoas humildes que proporcionaram as duas a oportunidade de crescerem em meio à simplicidade da época e da vida no campo.

Suas famílias também tinham em comum a prática de receber com muito carinho as ‘visitas’, segundo elas, era nítida a alegria de seus pais quando alguém os visitasse e uma coisa era certa: ninguém saia sem tomar um cafezinho rsrsrsrsr. Segundo a Elis, na casa de seus pais:

“Tudo acontecia com muita alegria, não tínhamos telefone quando criança então as pessoas nem conseguiam avisar, chegavam para almoçar, tomar café ou até para dormir em nossa casa com frequência, mas isso nunca foi um problema, pelo contrário era motivo de muita alegria. Quando vinham para dormir, na maioria das vezes eram os parentes de longe passeando, e esporadicamente pessoas que ajudavam meu pai na colheita ou com maquinários e ainda em dias de ‘enchente’ na cidade, aí abrigávamos parentes e vizinhos e a casa ficava socada rsrsrsrs. Como nossa casa não tinha quarto de hóspedes, eu e meus irmãos já sabíamos que em dias de visitas, nossas camas eram preparadas com todo carinho para recebê-los, e quando o espaço não era suficiente, sempre se ajeitava algum cantinho pelo chão para abrigar todo mundo. Fomos ensinados desde pequenos que qualquer pessoa que se hospedase em nossa casa, independente de quem fosse, merecia todo nosso respeito e carinho, pois se veio até nós era por alguma necessidade ou porque gostava de estar conosco!”


As lembranças da Ionara também vão neste caminho:

“O ato de receber bem já é uma referência minha já desde que eu era criança, onde meus pais que ainda moram no interior, costumavam quase todo sábado ou domingo ficar em casa (pois na época não se viajava muito) e então sempre aparecia alguém em nossa casa, algum parente para dormir ou um vizinho para tomar café e aí a nossa casa sempre estava cheia de pessoas e nós adorávamos. A minha mãe, como era muito parecida com minha nona, que por sua vez também tinha essa vivência na infância dela, não deixava ninguém sair de casa sem tomar um café. Então ali começaram a crescer minhas raízes e de onde surgiu este amor que hoje cultivamos em receber ao redor de uma mesa. Era uma atitude rotineira de tomar aquele cafezinho preparado com tanto carinho, naturalidade e descontração que hoje me fazem ver que a mesa posta é um gesto de carinho, de bem querer com as pessoas. Por mais simples que fosse, tudo transbordava carinho!
E em relação à minha paixão por louças, não posso deixar de mencionar minha maior referência: O louceiro de minha nona rsrsrsrsrs. Eu me deslumbrava com ele, pois era incrível, um jogo completo de louças pintadas à mão e que era usado apenas em ocasiões especiais.”

Bom, sabendo agora um pouco sobre as duas, você deve estar se perguntando: mas como essas duas se acharam? Então, aí o destino deu uma forcinha rsrsrsrs A Ionara acabou entrando na família se casando com um primo da Elis e as duas criaram um vínculo afetivo bastante forte. Em relação ao trabalho, cada uma seguiu áreas distintas: a Ionara bancária e a Elis comerciária. Ambas viviam em mundos bem diferentes no âmbito profissional, e apesar de não terem falado uma coma outra a respeito disso, alimentavam após a segunda maternidade o desejo de fazer algo a mais, que as completasse, e foi aí, em 2016 que começou a se desenhar a Casa Café&Mel. 

No início daquele ano, a Elis incentivada por seu esposo tomou coragem e deu o pontapé inicial. Como havia anos que trabalhava no comércio e sempre se identificou com a idéia de receber bem, queria algo que estivesse voltado para esse ramo, pensava em oferecer um comércio que agregasse maior qualidade de vida às pessoas:

“No início tudo era muito vago em relação ao que queria oferecer. Eu queria fazer algo além da minha atividade principal. Buscava alguma coisa que me completasse e que fosse apaixonada e que pudesse compartilhar com outras pessoas. Sabia que seria algo pensando em receber os amigos e família, pensando em deixar a casa ajeitadinha, aconchegante, e que seria por e-commerce, mas não tinha ainda bem claro qual segmento neste ramo iria me adentrar. Então, na dúvida para que lado caminhar, fui fazendo as atividades básicas para empresa funcionar, abrir CNPJ, buscar fornecedores, pesquisar preços e conhecer melhor os produtos buscando identificar meu projeto com algo real e já ir descartando o que não se encaixavam neste sonho. E em meio a esse processo todo eu sempre quis uma parceira junto comigo para tornar tudo isso real, uma pessoa que fosse tão apaixonada quanto eu por essa área e que tivesse valores e princípios parecidos com os meus. Meu esposo, que desde o início sempre foi um grande incentivador, foi quem sugeriu o nome da Ionara, e confesso que o sorriso e a frase saíram espontaneamente: Claro, como não pensei nela antes! Mas ela estava de licença maternidade neste período e eu preferi aguardar, pois na posição que ela exercia no banco, tinha certeza que iria retomar sua atividade após a licença. Para minha surpresa, algum tempo depois, li uma publicação dela no Face falando sobre seu pedido de demissão e se despedindo da rede bancária, agradecendo por tudo o que havia vivido e aprendido por lá, mas que neste momento de sua vida iria se dedicar mais à família que acabara de receber mais um integrante... Gente, confesso que pulei de alegria nesta hora, minha felicidade era por ter conseguido me controlar e não falar para ela antes, assim tive certeza que não influenciei na decisão dela. Mais uma vez era o destino dando um empurrãozinho! Bom, aí não consegui segurar muito tempo, não esperei nem 2 semanas pra falar com ela, fui visitar o bebê e aproveitei para fazer a proposta. De imediato a resposta foi sim e partir daí as coisas foram ganhando forma.”

Em conversa com a Ionara, percebi novamente a sintonia das duas:

"Eu sempre quis alguma coisa que fosse a minha cara e que eu sentisse um amor por aquilo. Mesa posta e decoração sempre foram minhas paixões, em comum com a Elis.Comecei a ter um entendimento sobre vendas online quando fiz uma tentativa de vender alguns produtos que acabei arrematando da loja do meu irmão. Mas não conseguia entender bem como seria o operacional disso tudo, logística, a parte fiscal de se vender na internet. E foi nesse processo que eu me identifiquei com a área de e-commerce, que coincidiu com o convite da Elis para fazer parte da Casa Café & Mel.Como Elis e eu somos primas e temos um vínculo afetivo grande, eu topei e desde então estamos nessa caminhada juntas.”

Nos dias que se seguiram, as duas começaram a se reunir com frequência para trocar ideias, conversar e se conectaram de uma maneira muito intensa na proposta. Apaixonadas por receber como são, a decisão foi tomada: iriam encaminhar a loja aos poucos em direção às suas raízes e levar aos quatro cantos do país um pouco da vivência e da experiência maravilhosa que tiveram enquanto crianças, o prazer em poder desfrutar da companhia de amigos e família em torno de uma mesa.

O nome Casa Café&Mel, veio de encontro com o que elas acreditam que um lar deva ser: Cheiroso, quentinho, intenso e forte como o café e ao mesmo tempo doce e gostoso como o mel.

O que mais encanta e move as duas nesta caminhada, são suas lembranças e a simplicidade envolvida em tudo. Até hoje seus pais demonstram uma alegria sem tamanho em receber pessoas em suas casas e agradam as visitas apenas agindo naturalmente e com muita descontração e demonstrando apreço pelas pessoas. As mães ainda fazem café, almoço e janta com muito amor e alegria. As mesas sempre são preparadas com o que eles tem no momento, mas com capricho e normalmente passam um bom tempo em sua volta conversando e desfrutando daquele momento com muita felicidade.

O legal segundo elas, é ver o legado que eles construíram com estas atitudes, pois o tempo passou, e eles continuam agindo da mesma forma e as pessoas não se cansam de falar quando as encontram o quanto se sentem felizes em ir visitar os pais delas. Tudo isso traz a elas, e talvez à muitos de vocês que nos leem, lembranças inesquecíveis de criança e momentos de muita alegria atualmente em família para quem já age desta forma. Os que ainda não passaram por esta experiência, gostaríamos de convidar a experimentar, pois são vivências incríveis, que despertam em nós sentimentos que com palavras não conseguimos explicar.

Assim, o maior objetivo da Casa Café&Mel é despertar e instigar em você a importância de se estar em boas companhias, falando sobre assuntos agradáveis e que agreguem algo de importante à sua vida. Conversas que te divirtam e te façam bem, e que a mesa e o alimento, sejam uma forma de o anfitrião conectar e demonstrar aos seus convidados o quanto eles são bem vindos em sua casa. Buscamos por um mundo melhor, onde em meio a correria do dia a dia e da tecnologia que nos rodeia, possamos ter uma válvula de escape, onde as pessoas consigam fazer suas refeições com calma, possam olhar umas nos olhos das outras enquanto conversam e desfrutam de momentos únicos. Pretendemos levar até você a oportunidade de vivenciar um pouco de nossas experiências de criança, tudo isso apenas recebendo e servindo as pessoas com carinho!

Este é o propósito maior da Casa Café & Mel, uma loja Virtual, ou e-commerce (como dizem no meio profissional rsrsrsrs), de artigos de mesa posta e decoração para a casa. Trabalhamos com louças, roupas de mesas, aromas e tudo o que vai deixar seu lar ainda mais aconchegante e com cara de casa hospitaleira, ou seja, gostoso de morar e visitar!

Depois de 3 anos de trabalho, temos uma alegria imensa de perceber que nossos objetivos à muito já estão sendo alcançados, e certamente é uma realização pessoal para toda a equipe que se empenha em levar adiante esta mensagem, procurando com cada cartinha e sachê enviado junto às nossas caixas, levar além do produto, todo o nosso carinho e a essência de nosso trabalho. Não tem preço ver o depoimento de tantos clientes que nos procuram nas redes sociais ou canais de atendimento agradecendo pelas experiências maravilhosas que vem passando desde que começaram a preparar suas mesas com mais dedicação e por em prática o hábito de receber em casa.

E com a força do café e a doçura do mel, deixamos aqui toda gratidão que sentimos por você cliente ou amigo que nos apoia e pela nossa equipe maravilhosa de colaboradores que fazem toda mágica acontecer. Temos muito chão pela frente, e muita coisa boa para compartilhar ainda. Nosso maior compromisso como falamos acima, é levar para o seu lar muito aconchego, igual o que sempre sentimos quando estávamos na casa dos nossos pais ou avós. Aquela casa cheirosa que lembra a infância, um detalhe na decoração que encanta e aquela mesa toda arrumada que faz você se sentir especial em ser recebido na casa de alguém, ou quando alguém dá aquele sorriso por ser recebido de uma forma tão atenciosa que os lábios não conseguem conter o sorriso.

Encerro o primeiro texto do nosso blog agradecendo a cada um de vocês que dedicou um pouquinho do seu tempo para conhecer melhor a Casa Café & Mel, e agradeço também a Elis e a Ionara por me darem a oportunidade de fazer parte desta equipe que tem me trazido muito aprendizado e satisfação.

Seguimos juntas nessa caminhada.

Até mais!

  Texto: Gilmara Krause - Equipe Casa Café & Mel

imagemblogNa Foto Elis e Ionara, sócias fundadoras da Casa Café&Mel

 

Comentários